Ouça o programa

De segunda a sexta às 14:00hs (hora de Brasília), sábados, das 11:00 às 16:00hs

Home Notícias Vídeos Contato Sobre

As notícias

Trabalhadoras essenciais

Nestes tempos de coronavírus, criatividade é tudo. Na cidade americana de Portland, no Oregon, o dono de um clube para cavalheiros inventou o drive-thru de striptease. Ele ergueu uma grande tenda no estacionamento do clube e criou uma pista para carros com cercas metálicas. Os carros passam pelo meio, enquanto dançarinas em trajes sumários dançam do lado, com baldinhos na cerca para que possam receber gorjetas. Ah, e as dançarinas todas usam máscara. Os motoristas podem pedir bebida e comida quando chegam, e só podem ficar na tenda pela duração de uma música. Ao final, recebem o seu pedido e vão comer e beber dentro do carro, em outra parte do estacionamento. O dono do drive-thru de striptease diz que ficou surpreso com o movimento, e que tem até gente de outros estados passando por lá. Quem diria que um dia essas dançarinas seriam consideradas essenciais…

Mas vende mulher no supermercado?

No estado de Uttar Pradesh, na Índia, um cara que saiu de casa dizendo que ia comprar frutas e legumes para a família que estava em quarentena, voltou horas depois sem nenhum saco de compras, mas sim com uma esposa, dizendo que tinha acabado de ser casar. A mãe do cara ficou tiririca com o filho, e impediu que ele e a mulher entrassem em casa. Colocou os dois no carro e foi para a delegacia. Lá os pombinhos apaixonados disseram que não tinham nenhuma certidão para provar que tinham realmente casado. Um investigador ligou para o padre que teria casado os dois, e ele confirmou o casamento, mas disse que a certidão só vai poder ser expedida depois que for suspenso o lockdown que vigora em Uttar Pradesh. O site OPIndia, que publicou a notícia, não esclareceu se o cara pôde entrar em casa com a mulher ou se teve que arrumar um novo endereço. Coisa de indiano…

Festinha na funerária

Um sujeito chamado Ethan Palazzo, de 30 anos, foi preso pela polícia da cidade de Old Gorge, no estado americano de New Jersey, ao ser encontrado totalmente pelado dentro de uma funerária da cidade. O nosso Ethan invadiu a funerária depois do horário de expediente, aparentemente interessado em roubar alguns produtos quimicos que são usados no processo de embalsamar cadáveres. O Ethan Palazzo, que deixou uma cerveja geladinha em cima de um dos caixões em exposição na funerária, apresentava um forte cheiro de álcool – e não era álcool em gel, não. O figura foi em cana, acusado de invasão, roubo, e outras cositas más. É um pior que o outro…

Osso duro de roer

Esta vem da China, mas não tem nada a ver com a COVID-19. Uma chinesa de 22 anos cujo nome não foi informado finalmente descobriu a causa de uma tosse que ela tinha desde os 8 anos de idade. Ao longo desse tempo todo, a tosse da moça foi diagnosticada erradamente inúmeras vezes, e ela tomou todo tipo de remédio, sem resultado. A tosse começou, segundo a família dela, depois que ela teve um forte acesso de tosse quando tinha 8 anos. Finalmente, o doutor Wang Jiyong, da faculdade de medicina de Guangzhou submeteu a moça a uma tomografia, e descobriu que ela tinha um objeto estranho no seu pulmão direito. Era um pequeno pedaço de osso de frango, de uns 3 centímetros. O osso foi retirado e agora a nossa amiga respira normalmente, e sem tosse, pela primeira vez em 14 anos. É mole?

Essas jovenzinhas…

Na Nigéria, uma mulher de 68 anos de idade se tornou a mulher mais velha a dar à luz pela primeira vez na África. Dona Margaret Adenuga e seu marido, que tem 77 anos, vinham tentando ter filhos desde que se casaram em 1974. Mas nunca conseguiram, mesmo tendo tentado fertilização in vitro por 3 vezes. Mas agora em abril o casal ganhou um par de gêmeos: um menino e uma menina, que nasceram de cesariana sem maiores problemas, depois de 37 semanas de gestação. O pai das crianças disse aos jornalistas que “é um sonhador, e que nunca tinha perdido a esperança de ser pai”. O médico que fez o parto disse que dona Margaret teve muita sorte de não ter tido nenhuma complicação durante a gravidez ou o parto, e desaconselhou outras mulheres de mais idade de tentarem repetir o feito dela.

©2019 - Paulinho Leite